A nova geração das Vacinas Meningocócicas

25/05/2015

Meningite é uma doença grave, transmitida por via respiratória através de gotículas de saliva entre pessoas próximas, principalmente em escolas, creches, e outros lugares aglomerados. Além disso, os menores de dois anos são considerados de alto risco para esta doença. Entre as bactérias associadas na etiologia das meningites, destacam-se os meningococos. Foram identificados 13 sorotipos diferentes como causadores de doença meningocócica invasiva, dos quais, 5 são os que incidem mais comumente: A, B, C, W e Y. O sorotipo B incide, nos Estados Unidos, em 1/3 de todos os casos de doença invasiva e cerca de metade dos casos em crianças. Depois da introdução no Brasil da vacina contra o meningocócico C (Men C) no PNI em 2010, o numero de casos da doença meningocócica diminuiu acentuadamente, refletindo a eficácia da vacina, embora o sorotipo C ainda seja o sorotipo mais importante. Infelizmente a vacina encontra-se disponível na rede pública apenas até os 2 anos de idade. O segundo sorotipo do meningococos mais prevalente no pais é o B. No Estado de Pernambuco o meningococo C também continua sendo o mais frequentemente isolado nos casos de doença meninocócica, seguido pelo men B. Em São Paulo, os meningococos W e Y respondem por cerca de 10% dos casos. Apesar do baixo percentual de isolamento (e do número absoluto de casos relativamente pequeno) de doença meninocócica pelos sorotipo W e Y, a prevenção da doença meninocócica por estes sorogrupos é importante, devido à elevada letalidade e incidência de sequelas, mesmo com tratamento adequado e, também, pela importante variação da epidemiologia dos sorotipos em anos diferentes. Este comunicado reforça a importância da vacina meningocócica C, da quadrivalente ACYW e da nova vacina do meningococo B. A meningo C conjugada já incorporada na rotina das clinicas há mais 8 anos,demostrando excelente efetividade e pouca reatogenicidade e a vacina quadrivalente que contém os polissacarídeos capsulares dos meningococos dos sorogrupos A, C, W e Y conjugadas e pode ser empregada a partir de um ano de idade. A nova vacina meningocócica B é constituída por multi- componentes do meningococo B, recombinante e adsorvida. Foi aprovada para uso na União Europeia (janeiro de 2013) e na Austrália (agosto de 2013) e no Brasil em maio de 2015. Está indicada para uso em pessoas a partir de 2 meses. Não existem ainda estudos para o uso em pessoas de 50 anos e em gestantes. A vacina de meningo B (Bexsero) possui 4 antígenos na sua composição. Um deles é a proteína da membrana externa que está na vacina Men B da Nova Zelândia, derivada da cepa epidêmica deste país. A vacina Bexsero contém proteína de superfície que está presente em boa parte das cepas do sorogrupo B e produz anticorpos bactericidas que podem conferir resposta imune protetora. Bexsero é a primeira vacina de ampla cobertura capaz de proteger todos os grupos de idade contra o sorogrupo B, incluindo crianças que estão em alto risco de infecção. Os efeitos colaterais da vacina meningo B são basicamente locais e leves. Quase 8.000 pessoas incluindo mais de 5.000 crianças pequenas foram vacinadas durante estudos clínicos e os eventos adversos foram os esperados para qualquer vacina infantil. Estas incorporações recentes no mercado fizeram com que a VACINAR siga a seguinte recomendação para a prevenção da doença meninocócica (estas recomendações seguem as da Sociedade Brasileira de Imunizações – SBIm): No primeiro ano de vida: duas doses da vacina Men C, aos 3 e 5 meses, associada à meningo B com 3,5 e uma terceira dose da meningo B aos 7 meses de idade. Uma dose de reforço, entre 12 e 15 meses, com a vacina Men ACWY-TT (quadrivalente) e o reforço da meningo B. Crianças e adolescentes já vacinados com Men C após 1 ano de idade, devem receber uma das vacinas quadrivalentes, assim como a vacina do meningo B. O esquema da meningo B para as idades entre 1 a 50 anos são duas doses com intervalo de 60 dias. Em outros casos seguiremos a prescrição médica indicada.



MENINGITE

O que é?

Inflamação nas membranas que envolvem o cérebro (meninges) causadas por bactérias (meningites bacterianas), vírus (meningites virais), fungos ou resultado de um traumatismo. Os sintomas mais comuns sã...


Prevenção?

Devem ser adotadas medidas de higiene e desinfecção de todo material contaminado por um paciente já infectado, que necessita de iniciar o tratamento o mais precoce possível e manter isolado nas primei...


Vacina

MENINGOCÓCICA C CONJUGADA

MENINGOCÓCICA B

MENINGOCÓCICA CONJUGADA ACWY




UNIDADE I
Av Guilherme Ferreira, 767
São Benedito - Uberaba/MG
34 3316 3700

UNIDADE II
Rua Domiciano Ferreira, 330
Centro - Frutal/MG
34 3421 2700

UNIDADE III
Rua Vicente de Paula, 682
Centro - Santa Juliana/MG
34 3354 2842